Grupo Dom Bosco

domingo, 7 de agosto de 2016

Missa da Transfirguração de Nosso Senhor e Aniversário de Mons. Faure






Brasileiros e Paraguaios




Feliz Aniversário Mons. Faure!!!

Deus o abençoe e ilumine sempre!!!
Obrigado por sua vida dedicada à Santa Igreja!

Fiéis de Foz do Iguaçu (BR), Ciudad del Este (PY) e Presidente Franco (PY).

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Fronteira Católica: segunda edição. Boa leitura!

Entronização Doméstica do Sagrado Coração de Jesus


A Entronização é uma cruzada para estabelecer na sociedade o Reinado Social do Sagrado Coração de Jesus através da Família, como célula social que é. Tem por base as palavras de Nosso Senhor a Santa Margarida Maria: “Eu hei-de reinar por meio do Meu Coração!

É uma campanha organizada para restituir Cristo à família e a família a Cristo. É a resposta à pergunta: “Que podemos fazer para salvar a família?

-De que modo a Entronização restitui Cristo à família?
A Entronização começa com uma cerimônia bela e tocante. Em casa, na presença do sacerdote que preside à cerimônia, a família reconhece pública e solenemente que Cristo é o Rei e o Amorável Senhor do seu lar. Para tanto, o chefe de família instala solenemente um quadro ou uma imagem do Sagrado Coração de Jesus em lugar de honra na principal divisão da casa, como num trono – daí o nome “Entronização”. Após este solene reconhecimento dos direitos soberanos de Cristo-Rei sobre toda a família, então os seus membros consagram-se ao Sagrado Coração de Jesus. Comprometem-se, portanto, a viver como se o Sagrado Coração de Jesus ali habitasse com eles, efetivamente, do mesmo modo que em Nazaré – tratando-O como a um membro da família, um Amigo ou um Irmão. 

-É só isto a Entronização?
Não, não é. A cerimônia é apenas o começo de uma nova vida: uma vida de Amor, de obediência amorosa a todos os mandamentos de Cristo e da Igreja; uma vida de oração, em especial de oração familiar diante do Rei Entronizado, das orações da noite e do Terço em família; uma vida eucarística, de Missa e Comunhão diárias ou, pelo menos, frequentes, unindo assim o santuário da Igreja ao santuário do lar; finalmente, uma vida de penitência cristã, exercida especialmente pela recusa em deixar entrar ideias e costumes pagãos que, lentamente, vão destruindo o lar cristão, e pela reparação que é feita face aos terríveis crimes do divórcio, do controle da natalidade, e da sensualidade.

-Porque é que a Entronização restitui a família a Cristo?
Porque, pela Entronização, a família põe em primeiro lugar a Pessoa de Nosso Senhor e os Seus interesses; por sua vez, é o Sagrado Coração de Jesus Quem toma a Seu cuidado os interesses da família. Nosso Senhor prometeu abençoar e santificar as famílias que O entronizassem como Rei. E Santa Margarida Maria, a quem o Senhor revelou o íntimo do Seu Sagrado Coração, pediu que Lhe fosse dado estabelecer o Seu Reino no lar dos ricos e dos pobres, que fosse aí solenemente recebido como Rei e como Amigo, e que o Seu Sacratíssimo Coração fosse honrado e amado: “Eu estabelecerei a Paz nos seus lares; dar-lhes-ei todas as graças necessárias ao seu estado de vida; confortá-los-ei em todas as suas aflições; abençoarei todos os seus empreendimentos.” Por conseguinte, podemos dizer com toda a certeza que foi este o meio que Nosso Senhor escolheu para restaurar os Seus direitos de Soberano sobre a família e, através da família, sobre a própria sociedade.

-Esta obra foi aprovada?
Foi, sim. Primeiro, pelo próprio Sagrado Coração, como deram prova as inúmeras conversões, tanto pessoais como de famílias onde o Sagrado Coração de Jesus foi  entronizado. Também foi aprovada por quatro Papas do séc. XX: S. Pio X chamou-lhe “uma obra de salvação social”; o Papa Bento XV, escrevendo ao Padre Mateo, o seu fundador, afirmou que “Nada é mais oportuno do que o Vosso empreendimento”; por diversas vezes Pio XI abençoou esta obra, quer publicamente quer em privado; e Pio XII escreveu ao Padre Mateo felicitando-o pela sua iniciativa e encorajando-o a continuar a obra “[d]a Entronização, tão adequada a alicerçar nas famílias o reinado de Amor e de Misericórdia do Sagrado Coração de Jesus.

-O que devo fazer para Entronizar em minha casa o Sagrado Coração de Jesus?

1- Procure informar-se sobre a Entronização: o que é, e como é importante fazê-la.

2- É bom ter um sacerdote a presidir à cerimônia, mas isso não é essencial para se obterem as indulgências. Havendo um forte motivo para tal, pode ser o pai ou outra pessoa da família a presidir e a conduzir as orações.

3- Sempre que possível, na manhã desse dia, não deixe de oferecer o Santo Sacrifício da Missa pelo Reinado do Sagrado Coração de Jesus no seu lar, e como ato de amor e Reparação ao Coração Sacratíssimo do nosso Salvador. Toda a família deve também fazer os possíveis por receber a Sagrada Comunhão, nessa ou noutra Missa.

4- Adquira um quadro (ou imagem) do Sagrado Coração de Jesus – o mais belo que encontrar. Se já possui um em sua casa, então use esse quadro.

5- Por baixo do lugar de honra escolhido, prepare o “trono” ou o “altar” reservado ao Coração de Jesus: uma mesa (ou uma prateleira de fogão ou uma simples prateleira) coberta com um paninho branco, bordado, e enfeitado com a beleza de flores e velas. Antes da cerimônia da Entronização, coloque perto do “trono” uma mesinha: aí terá água benta e o quadro ou imagem a ser entronizado(a).

6- Convide parentes e amigos para a cerimônia – começará assim a ser um “apóstolo do Sagrado Coração”. Faça uma festa de família depois da cerimônia, tendo um mimo especial para as crianças que, evidentemente, devem estar presentes à Entronização, mesmo as mais pequeninas.

7- Faça deste dia um dos acontecimentos mais importantes da sua vida familiar – algo que mereça ser relembrado. Quanto maior for a solenidade, melhor.
Nota: Não há maneira mais apropriada de um jovem casal começar a sua nova vida em comum do que com a Entronização do Sagrado Coração de Jesus no seu novo lar.

Preparar a Entronização
Para a cerimónia da Entronização deve escolher-se um dia de especial significado para a família – o aniversário de casamento, por exemplo –, uma festa litúrgica apropriada, ou um dia em que o sacerdote possa estar presente, quando possível.

Quanto melhor e mais seriamente for preparada a Entronização, maiores serão as bênçãos que dela advirão sobre a  família. A preparação pode prolongar-se por três dias (um tríduo) ou por nove dias (uma novena), e poderá consistir na recitação da Ladainha do Sagrado Coração de Jesus logo após a seguinte oração preparatória:

Oração
Ó Divino Coração de Jesus, Vinde habitar connosco! Nós Vos amamos! Visitai a nossa casa, como um dia Vos viestes fazer aos Vossos amigos em Caná, na Betânia, e à casa de Zaqueu, o publicano. Nós queremos entregar ao Vosso cuidado a nossa família, e levá-la a uma íntima união Convosco, ó Sagrado Coração de Jesus, que Sois o nosso Amigo mais fiel. Nunca ninguém nos amou tanto como Vós nos amastes. E nós queremos amar-Vos por aqueles que não Vos amam, pois Vós sois o nosso Deus e o nosso Salvador. Sois também o Nosso Senhor e o Nosso Rei. Por muito numerosos que sejam os que desdenham da Vossa Realeza, nós queremos atraí-La a nós: que Ela desça sobre a nossa família. Tomai como propriedade Vossa este lar, onde havemos de conservar um trono, como lugar de honra para Vós.

Fazei com que o dia da Entronização seja, tanto para a nossa família como para Vós, um dia de grande alegria; e que seja para nós o começo de uma vida toda ela em verdadeira submissão à Vossa vontade e em íntima união Convosco. Que todos os nossos pensamentos e acções estejam em harmonia com a Vossa Santa Lei. Queremos pôr de parte o nosso amor próprio desordenado e amar o nosso próximo como Vós nos amastes e continuais a amar-nos.

Vivemos num mundo que se tornou, na sua maior parte, outra vez pagão e que já não Vos conhece, ó Divino Coração de Jesus; por isso suplicamos da Vossa benévola presença que nos concedais a caridade dos primeiros Cristãos, dos Apóstolos e dos Mártires. Concedei que, por intermédio desta família que deseja pertencer-Vos totalmente, outras mais possam ter parte na Vossa caridade e que assim, de família em família, todo o mundo se submeta à Vossa Realeza.

Ó Coração Imaculado de Maria, modelo perfeito de fidelidade a Nosso Senhor e de união com Ele, alargai e fortalecei nos nossos corações e nas nossas famílias o reino da Caridade, o Reinado do Sagrado Coração de Jesus. Amen.

Sugerimos algumas práticas devocionais

Ir à Missa frequentes vezes, e mesmo todos os dias, pelo menos um dos membros da família, e fazer a Comunhão Reparadora.  

Observância da Primeira 6.ª-feira de cada mês. (Santa Missa, Comunhão de Reparação, renovação do acto de consagração diante da imagem entronizada).  

Rezar o Terço diariamente e em família diante da imagem entronizada do Sagrado Coração de Jesus, renovando o acto de consagração (fórmula mais encurtada).

Celebrar com toda a família a Festa do Sagrado Coração de Jesus: ir à Missa, e Comungar por intenção do alargamento do Reinado do Sagrado Coração através da Entronização; reunir a família numa pequena celebração doméstica, renovando a Entronização; festa especial para as crianças. 

Lembrar que o mês de Junho é dedicado ao Sagrado Coração de Jesus; ter então o “trono” enfeitado com flores. Missa e Comunhão sempre que possível.  

Adoração nocturna, em casa, pelo menos uma vez por mês: feita a qualquer hora, entre as 21h. e as 6 da manhã, por um ou todos os membros da família. 

A 22 de Agosto, celebrar a Festa do Coração Imaculado de Maria: Missa, Comunhão e consagração da família ao Imaculado Coração.  

Fazer as seguintes 4 coisas num espírito de reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria, cumprindo assim os Cinco Primeiros Sábados: (1) Confissão de Reparação dentro dos oito dias desse Primeiro Sábado; (2) Santa Missa e Comunhão de Reparação; (3) rezar o Terço; (4) fazer 15 minutos de meditação sobre os 15 mistérios do Rosário.  
 Praticar a devoção ao Espírito Santo, rezando a coroinha do Espírito Santo.

Visitar Jesus frequentemente, no Santíssimo Sacramento do Altar. Use o folheto Visitas ao Santíssimo Sacramento, por Santo Afonso Maria de Ligório, como ajuda para   fazer estas visitas de um modo mais fervoroso e com maior proveito para a sua alma e o seu coração.

----------

Para solicitar a visita de um padre para a celebração da Entronização do Sagrado Coração de Jesus em sua família, contate-nos:

grupodombosco@live.com
(45) 9944-4529 / 3575-5086